p1.JPEG

TUMORES INTRAMEDULARES

  • Representam 5% dos casos dos tumores espinhais.

  • Invadem e destroem os tractos e substância cinzenta.

Características

Tipos

  • Astrocitomas (30% dos casos) - Ocorre geralmente entre a 3 e 5 décadas de vida. De modo geral tem comportamento benigno, sendo mais comum na coluna torácica. Dor é o sintoma mais comum, podendo ocorrer déficits sensitivo e motor.

 

  • Ependimomas (30% dos casos) - Ocorre geralmente entre a 3 e 6 décadas de vida. Degeneração cística em 46%, sendo mais comum no filo. Dor é o sintoma mais comum, podendo ocorrer déficits sensitivo e motor. A variante mixopapilar é histologicamente benigna.

 

  • Miscelânea (40% dos casos)

Diagnóstico

  • Exame de Liquor – Aumento de proteína (varia entre 50 a 2.240) com glicose normal.

  • Ressonância – Padrão ouro

Tratamento

  • Astrocitoma – Cirurgia – Nem sempre é possível ressecção total. Se alto grau associar radioterapia pós operatória.

 

  • Ependimoma – Cirurgia com ressecção total.

Prognóstico

  • Astrocitoma – Recorrência de 50% em 4-5 anos. Pior resultado funcional que o ependimoma.

 

  • Ependimoma – Mixopapilar tem melhor prognóstico.